Glasgow 2023: Chloe Dygert retoma título mundial do contrarrelógio

HomeCompetiçõesCiclismo

Glasgow 2023: Chloe Dygert retoma título mundial do contrarrelógio

Norte-americana, que venceu a disputa em 2019, encerra com 6 segundos de vantagem sobre a australiana Grace Brown

Chloe Dygert teve uma queda no Mundial de 2020 e passou por longa recuperação

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/UCI

Chloe Dygert (EUA) recuperou a camisa arco-íris de campeã mundial de contrarrelógio após três temporadas. A norte-americana venceu a disputa desta quinta-feira (10 de agosto) no Mundial UCI 2023 Glasgow, na Escócia, ao marcar o tempo de 46min59s no percurso de 36,2km. A prova foi em Stirling, nos arredores de Glasgow. A australiana Grace Brown foi prata, a 6 segundos, e a austríaca Christina Schweinberger foi bronze, a 1min13s.

“Não tenho palavras. Foram longos três anos. Poder ter essa camisa de novo é absolutamente inacreditável”, disse a campeã. “Fiz tudo o que pude para chegar até aqui, tenho muita sorte. Acho que este é um título muito especial. No início deste ano não estava claro se eu iria correr nesta temporada. Ser capaz de estar aqui e vencer é uma grande conquista”, comemorou.

Chloe Dygert na disputa na Escócia

Chloe Dygert venceu o título mundial em Yorkshire em 2019, mas caiu ao tentar defender o título em Imola, na Itália, em 2020, onde sofreu uma laceração profunda na perna esquerda e precisou de cirurgia. Depois, a ciclista fez uma pausa de 14 meses devido a vários outros problemas de saúde que exigiram recuperação adicional e, no ano passado, passou por uma cirurgia cardíaca para tratar um problema de taquicardia.

A grande favorita, a suíça Marlen Reusser, duas vezes vice na crono do Mundial, desistiu da disputa logo após o primeiro checkpoint. Reusser, que havia caído durante o Team Time Trial Mixed Relay dois dias antes, desmontou da bicicleta e sentou-se na beira da estrada balançando a cabeça.

Na categoria Sub 23, a vencedora foi Antonia Niedermaier, da Alemanha, que surpreendeu o pelotão nesta temporada ao faturar uma vitória inédita no Women’s WorldTour na 5ª etapa do Giro d’Italia Donne. A francesa Cédrine Kerbaol foi prata, a 8 segundos, e a belga Julie De Wilde foi bronze, a 40 segundos.

A alemã Antonia Niedermaier venceu na Sub 23

A australiana Felicity Wilson-Haffenden venceu na Junior

Na categoria Junior, a vencedora foi a australiana Felicity Wilson-Haffenden, de 18 anos, que completou o percurso de 13,5 km em 19min31s. A britânica Izzy Sharp foi prata, a 16 segundos, e a italiana Federica Venturelli foi bronze, a 29 segundos.

“Ando de bicicleta há dois anos e meio, então não posso dizer que é um sonho que tive durante toda a minha infância, mas desde que descobri o que era o Mundial se tornou algo que realmente desejava”, contou. “O que eu realmente quero ir é para o WorldTour um dia e quero vencer, então veremos”, completou a australiana, que garantiu a primeira medalha para o seu país na competição e é a campeã nacional de crono e estrada de sua categoria.

As disputas de contrarrelógio continuam nesta sexta-feira, das categorias Junior e Elite masculino.
Transmissão às 5h45 na plataforma Star+. Programação completa aqui

LEIA MAIS
Mundial de Ciclismo 2023 no Bikemagazine

Site oficial

RESULTADOS

Results powered by FirstCycling.com