Glasgow 2023: Evenepoel é campeão mundial de contrarrelógio

HomeCompetições

Glasgow 2023: Evenepoel é campeão mundial de contrarrelógio

Evenepoel supera Filippo Ganna em 12 segundos, conquista uma nova camisa arco-íris e faz história como o primeiro belga a vencer o título; velocidade média foi de 51,8km/

Evenepoel na disputa do Mundial

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/UCI

O belga Remco Evenepoel conquistou nesta sexta-feira (11 de agosto) o título de campeão mundial de contrarrelógio. Depois de perder a camisa arco-íris na estrada para Mathieu van der Poel (reveja aqui), Evenepoel chegou para a crono motivado em conquistar uma nova camisa.

A prova contou com 78 competidores e teve percurso de 47,8km em Stirling, nas proximidades de Glasgow, que está sediando as corridas de contrarrelógio. Evenepoel marcou o tempo de 55min19s a uma velocidade média de 51,84km/h. O italiano Filippo Ganna foi medalha de prata, a 12 segundos, e o britânico Joshua Tarling, de 19 anos, cuja performance chamou atenção, foi medalha de bronze, a 48 segundos.

Evenepoel fez história ao conquistar o primeiro ouro da Bélgica no contrarrelógio masculino de Elite. É, ainda, o mais jovem campeão, aos 23 anos. Ao ser perguntado se sabia que estava entrando para a história, Evenepoel disse: “Sim, parece que sim, porque sou o primeiro belga a ganhar um título de TT. É incrível.”

“Um objetivo da minha temporada era vencer hoje. Para ser honesto, eu poderia andar mais forte e mais rápido do que planejamos, sempre poderia andar 10 ou 15 Watts acima do meu plano. Então, se você sabe depois de 30 minutos que ainda não está no limite e não sente as pernas, sabe que está em um desses dias. Eu sabia desde o segundo intermediário que estava indo mais rápido que os outros. A subida final foi realmente brutal, foi um TT super difícil, estou super orgulhoso”, completou.


RESULTADOS

Results powered by FirstCycling.com

Ben Wiggins, filho de Bradley Wigggins, foi prata

Na categoria Junior, o campeão foi o australiano Oscar Chamberlain, que venceu o contrarrelógio com 24 segundos de vantagem. O britânico Ben Wiggins, filho de Bradley Wiggins, foi medalha de prata e o alemão Louis Leidert terminou com a medalha de bronze, a 34 segundos. Chamberlain integra nesta temporada a AG2R Citroën U19 Team e terminou em segundo lugar a edição Junior da Paris-Roubaix.

LEIA MAIS
Mundial de Ciclismo 2023 no Bikemagazine

Site oficial