Glasgow 2023: protesto após UCI mudar largada do XCO, com MVDP, Pidcock e Sagan na 5ª fila

HomeCompetições

Glasgow 2023: protesto após UCI mudar largada do XCO, com MVDP, Pidcock e Sagan na 5ª fila

Mudança favorece Mathieu van der Poel, Tom Pidcock e Peter Sagan, que da última fila agora vão largar da quinta fila

Van der Poel treina no circuito do XCO

Do Bikemagazine
Foto de divulgação/UCI

O holandês Mathieu van der Poel, o britânico Tom Pidcock e o eslovaco Peter Sagan largariam na última fila na prova do do Campeonato Mundial de Mountain Bike Cross Country Olímpico (XCO), neste sábado, pelas regras do ranking UCI (União Ciclística Internacional). Mas, por decisão da UCI, na lista oficial de largada eles parecem na quinta fila.

A UCI explicou que usou a regra que permite que ciclistas de alto escalão de outras disciplinas sejam inseridos no grid entre o 33º e o 40º lugares em provas do Mundial, mas a decisão provocou polêmica e desagradou muitos competidores, que assinaram uma declaração, entre eles Nino Schurter, Jordan Sarrou, Loana Lecomte e Jolanda Neff. O texto acusa a organização de mudar as regras e eles se dizem profundamente “decepcionados”.

Rebecca McConnell e Maxime Marotte, que representam os descontentes, destacaram que uma decisão tão importante não pode ser tomada poucas horas antes do início da prova e apontaram que pode haver consequências se levada em conta a corrida aos pontos dos Jogos Olímpicos de Paris.

O texto termina com a contundente afirmação: “Manifestamos a nossa profunda decepção e frustração com esta situação provocada pela UCI.”

Leia o comunicado na íntegra:
“É ótimo ter grandes nomes de diferentes disciplinas em nosso esporte e estamos ansiosos para competir contra eles. Mas não estamos muito felizes com a forma como a UCI está tratando nossa disciplina, mudando as regras sobre a posição de largada um dia antes da prova.

A questão agora não é se a regra aplicada é justa, injusta ou adequada – isso é assunto para outro dia. A preocupação é como e quando a UCI aplicou e fez cumprir esta regra. E as consequências para competidores individuais e equipes com posições nos Jogos Olímpicos que provavelmente serão afetadas. No momento, não se trata apenas do Campeonato Mundial, mas das posições olímpicas que estão sendo disputadas.

É evidente que a UCI se contradiz na aplicação da regra. Horas antes do início do Campeonato Mundial não é hora de buscar regras seletivamente e expressamos nossa profunda decepção e frustração com esta situação causada pela UCI”.

Como assistir
A transmissão da disputa do Mundial XCO Elite masculino começa às 11h15 (horário de Brasília) na plataforma Star+

LEIA MAIS
Mundial de Ciclismo 2023 no Bikemagazine

Site oficial

Giro d-italia