Kasia Niewiadoma conquista o título mundial de gravel na Itália

HomeCompetiçõesDestaque

Kasia Niewiadoma conquista o título mundial de gravel na Itália

Segunda colocação ficou com a italiana Silvia Persico e a holandesa Demi Vollering garantiu o bronze; Flávia Oliveira, única brasileira na prova, terminou a 29min54s

Kasia completou os 140km com 1.660m de altimetria em 4h49min44s

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

A polonesa Katarzyna “Kasia” Niewiadoma (Canyon-Sram) conquistou o título mundial de gravel neste sábado (7 de outubro). A segunda edição do campeonato mundial de gravel foi disputada na região do Vêneto, na Itália. Kasia cruzou sozinha a meta de chegada e completou os 140km com 1.660 metros de ascensão acumulada em 4h49min44s.

A segunda colocação ficou com a italiana Silvia Persico (UAE Team ADQ), que disputou o sprint e levou a melhor sobre a holandesa Demi Vollering (SD Worxs), a 33 segundos. Das 111 ciclistas que largaram apenas 88 concluíram a prova. Flávia Oliveira, única brasileira na prova, terminou na 53ª colocação a 29min54s.

A vitória de Kasia começou a pouco mais de 20km da chegada, quando decidiu atacar na passagem pela subida  Le Tenade (0.9km a 6.5%), com Persico e Vollering em sua perseguição. Quatro quilômetros depois, Kasia já abria uma vantagem de 45 segundos e abriu o último quilômetro com um gap de 38 segundos até garantir sua primeira vitória em quatro anos.

Kasia comemora sua primeira vitória em quatro anos

O resultado de hoje quebra um jejum de vitórias que vem desde a temporada de 2019. A nova dona da camisa de campeã mundial tem 29 anos e é mais conhecida pelos títulos no ciclismo de estrada. Ela tem no currículo 19 vitórias UCI e ocupa a sexta colocação no ranking mundial feminino. As ciclistas de estrada por sinal dominaram o pódio com nove ciclistas que atuam para equipes de estrada.

MELHORES MOMENTOS

RESULTADOS COMPLETOS

Results powered by FirstCycling.com

Batalha no masculino
O campeonato mundial de gravel prossegue neste domingo com a prova da elite masculina, com largada às 10h30 no horário local. Serão 169km com 1.900 metros de ascensão acumulada.

Pelotão em Treviso – Foto de Alex Whitehead/SWpix.com

O belga Gianni Vermeersch está pronto para defender o título e deverá encontrar muitos fortes adversários, inclusive seu compatriota Wout Van Aert e outros nomes importantes do ciclismo como o esloveno Matej Mohoric e o experiente espanhol Alejandro Valverde, que confirmou presença na disputa.

Além da elite, o Mundial de Gravel também vai definir os campeões por faixa etária, que vai de 19 até 75 anos, divididos de cinco em cinco anos. No total, a prova no Veneto terá quase mil competidores, incluindo masculino e feminino das 22 categorias.

Pódio feminino – Foto de Simon Wilkinson/SWpix.com

Confira start list completo aqui:

Mais informações no site oficial gravelworldchampionship2023.com