Brasil Ride: português Tiago Ferreira vence Avancini na 3ª etapa

HomeCompetiçõesDestaque

Brasil Ride: português Tiago Ferreira vence Avancini na 3ª etapa

Português manteve a vantagem de 1min11s sobre o brasileiro na classificação geral; no feminino, Monica Calderón segura liderança

Largada da 3ª etapa Foto: Rosita Belinky/ Brasil Ride

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

Na 3ª etapa da ultramaratona Brasil Ride Bahia, nesta terça-feira, o português Tiago Ferreira (DMT Racing Team By Marconi), que lidera a classificação geral, venceu Henrique Avancini (Caloi Henrique Avancini Racing) na chegada, com o tempo de 2h17m58.

Avancini foi o vice com diferença de 3 milésimos de segundo, enquanto o brasileiro Edson Rezende (Edson Rezende Bike Team – 2h21m47s) ficou com a terceira colocação.

O holandês Hans Becking (Buff Megamo Team), que estava na terceira posição, por problemas técnicos no final da prova chegou na oitava posição do dia.

Na categoria feminina, o pódio foi da espanhola Tessa Kortekaas (Cannondale Vas Arabay – 2h58m38s). Com diferença de 6 minutos da segunda colocada, a colombiana e companheira de equipe de Tessa, Monica Calderón (Cannondale Vas Arabay – 3h04m41s) foi a vice-líder e a brasileira Sabrina Gobbo ( 3h23m04s) alcançou a terceira colocada.

Foram poucos os atletas – nas 13 edições – que conseguiram zerar a subida das Sete Voltas, que tem cerca de 1.400 m de altura e aproximadamente 350 m de desnível. Os competidores sofreram com o calor que se seguiu durante toda a prova e o jeito – nesse caso – foi descer e empurrar a bike até o ponto mais alto e aproveitar o vento do downhill, que aliviou e deu fôlego para continuar. Antes de cruzar a linha de chegada, mais subidas e estradões. A prova que contou com 58 km de distância e 1.080 m de altimetria acumulada.

Pódio da etapa

Nesta quarta-feira a ultramaratona terá sua etapa rainha, com 101 km de distância e 2.440 m de altimetria acumulada e que passa pelo Parque Nacional do Alto Cariri. Localizado na divisa entre MG e BA, o parque é uma unidade de proteção integral, com 19.264 hectares e foi criado em 2010 e é um dos últimos refúgios do Muriqui do Norte, o maior primata sul-americano.

“A largada e a chegada acontecem no acampamento da Vila Brasil Ride. A primeira parte será de estradões e pequenos e íngremes boqueirões. Para esta etapa, a estimativa de tempo de prova é de 4h a 4h30, com até 10h de prova. Nesse dia temos a maior subida de todas as etapas – a subida do Alto do Cariri – e o desafio Climb Pro, onde a Garmin presenteia um atleta da categoria masculina e outra feminina que completarem mais rápido levam o GPS Garmin para casa”, explicou Rafael Campos, diretor da prova.

Programação PodCast e Ao Vivo – Para acompanhar tudo o que acontece, diariamente na ultramaratona Brasil Ride Bahia, um PodCast e a programação ao vivo – a Brasil Ride Stage News – apresentam uma espécie de giro de notícias para contar cada etapa da competição, além de entrevistas prá lá de especiais. Ao todo serão oito programas, de sábado (21) a sábado (28) , transmitidos pelo YouTube (https://www.youtube.com/BrasilRideBR) da prova e pelo Facebook (https://www.facebook.com/BRASILRIDE). Não perca!

ETAPA 3
Elite Masculina
1 – Tiago Ferreira – DMT Racing Team – 02h17m58s
2 – Henrique Avancini – Caloi Henrique Avancini Racing – 02h17m58s
3 – Edson Rezende – Edson Rezende Bike Team – 02h21m47s

Elite Feminina
1 – Tessa Kortekaas – Cannondale Vas Arabay – 02h58m38s
2 – Monica Calderón – Cannondale Vas Arabay – 03h04m41s
3 – Sabrina Gobbo – 03h23m04s

Classificação Geral
Masculina
1 – Tiago Ferreira – Dmt Racing Team By Marconi – 06h45m07s
2 – Henrique Avancini – Caloi Henrique Avancini Racing – 06h46m19s (00h01m11s)
3 – Hans Becking – Buff Megamo Team – 06h48m19s (00h03m11s)

Feminina
1 – Monica Calderón – Cannondale Vas Arabay – 11h31m49s
2 – Tessa Kortekaas – Cannondale Vas Arabay – 11h42m16s (00h10m27s)
3 – Sabrina Gobbo – 12h12m40s (00h40m51s)

RESULTADOS COMPLETOS
https://resultados.stopandgo.pro/1163/Individual

ETAPAS:
ETAPA 1 – Arraial d’Ajuda > Arraial d’Ajuda – 57km – 760m
ETAPA 2 – Arraial d’Ajuda > Guaratinga – 134km – 2.130m
ETAPA 3 – Guaratinga > Guaratinga – 58km – 1.080m
ETAPA 4 – Guaratinga > Guaratinga (Rainha) – 100,8km – 2.440m
ETAPA 5 – Guaratinga > Eunápolis – 69,2km – 1.200m
ETAPA 6 – Arraial d’Ajuda > Arraial d’Ajuda (CRI) – 19,3km – 263km
ETAPA 7 – Arraial d’Ajuda > Arraial d’Ajuda – 49,5km – 970m

LEIA MAIS
Brasil Ride no Bikemagazine

Site oficial do evento www.brasilride.com.br