Strade Bianche aumenta percurso e passa dos 200km pela 1ª vez

HomeCompetiçõesCiclismo

Strade Bianche aumenta percurso e passa dos 200km pela 1ª vez

Circuito extra aumenta a corrida masculina, no dia 2 de março, para 215 km, com 15 trechos de cascalho; mulheres vão percorrer 137 km

Percurso da Strade Bianche 2024

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

A Strade Bianche 2024, que será disputada dia 2 de março, vai ultrapassar os 200km de percurso pela primeira vez. A prova dos homens terá 215km, com 15 setores de cascalho; já a corrida das mulheres também aumentou e terá 137km, com 12 trechos de cascalho. Tudo graças ao circuito final, que será percorrido duas vezes.

Vale lembrar que, em 2023, o pelotão dos homens percorreu 184 km e 11 setores e as mulheres 136 km com oito setores de cascalho. Tom Pidcock (Ineos Grenadiers) venceu com um ataque solo (reveja aqui), enquanto na disputa das mulheres Demi Vollering venceu sua companheira de equipe do SD Worx, Lotte Kopecky, após uma batalha tensa na chegada (reveja aqui)

Nesta temporada, as subidas ao Colle Pinzuto e Le Tolfe, onde muitas vezes são feitos os ataques decisivos, serão percorridas duas vezes, antes da subida ao centro de Siena e da chegada na espetacular Piazza del Campo.

A prova feminina começa na manhã de sábado e termina primeiro, com os homens terminando no final da tarde, quando o sol se põe sobre Siena. A primeira metade de ambas as rotas incluem os trechos mais longos da estrada de cascalho durante uma volta ao sul em direção a Montalcino. Os setores finais e o circuito extra incluem seções mais curtas, mas muitas vezes em subidas íngremes de dois dígitos através dos vinhedos e olivais a leste de Siena.

As corridas masculina e feminina terminam com a subida pela estreita e estreita rua Via Santa Caterina até o centro de Siena, onde multidões lotam a beira da estrada para testemunhar quaisquer ataques finais. Uma descida leva a uma última curva à direita com 150 metros e depois à Piazza del Campo.

“Este ano queríamos fazer algumas alterações no percurso, por isso criamos este circuito duplo, que vai aumentar a dificuldade e a quilometragem de ambas as corridas, além de dar aos fãs na beira da estrada a oportunidade de curtir o espetáculo várias vezes”, contou Mauro Vegni, diretor ciclismo da RCS Sport, organizadora do evento.

LEIA MAIS
Strade Bianche no Bikemagazine