Tirreno-Adriático começa nesta segunda-feira; veja start list

HomeCompetiçõesCiclismo

Tirreno-Adriático começa nesta segunda-feira; veja start list

Prova com sete etapas terá destaques como Jonas Vingegaard, Filippo Ganna, Julien Alaphilippe, Mark Cavendish, Chris Froome, Romain Bardet e Caleb Ewan

O favorito ao pódio Jonas Vingegaard

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação Gian Mattia D’Alberto/LaPresse

A 59ª edição da Tirreno-Adriático Crédit Agricole começa nesta segunda-feira (4 de março). A disputa com 1.115km de percurso total termina no domingo (10 de março). A corrida atravessa quatro regiões da Itália, começando na Toscana e passando pela Úmbria e Abruzzo antes de terminar, como já é tradição, em Marche.

A prova começa com uma crono individual em Lido di Camaiore. O primeiro ciclista a largar será Alex Tolio (VF Group-Bardiani CSF-Faizanè) às 12h35min. O último atleta a descer a rampa será Mark Stewart (Corratec Vini Fantini) às 15h29min (horário local).

Na crono de abertura, a batalha pela primeira camisa de líder deve movimentar os ânimos de ciclistas como Jonas Vingegaard, Filippo Ganna, Jasper Philipsen, Jai Hindley, Tim Merlier, entre outros nomes de destaque.

Na batalha pela classificação geral individual e pelo troféu Tridente di Netuno, destacam-se o dinamarquês Jonas Vingegaard (vice-campeão em 2022), o britânico Tao Geoghegan Hart (terceiro em 2023), os australianos Jai Hindley (quinto em 2022) e Ben O’Connor (vencedor de uma etapa vice-campeão do UAE Tour), além do equatoriano Richard Carapaz (vencedor de etapa no Tour Colômbia).

“Eu fui segundo nesta prova dois anos atrás e espero que eu possa brigar pela vitória este ano. É uma longa semana de corrida com ciclistas muito bons. Faremos tudo o que pudermos e no fim veremos se foi o suficiente ou não”, afirmou Vingegaard, tido como um dos favoritos ao pódio.

O atual campeão olímpico de ciclismo de estrada, Richard Carapaz lembra da importância de estarmos no ano dos Jogos Olímpicos e dos planos para defender o título conquistado em Tóquio.

“Comecei a temporada muito bem e espero entregar um bom resultado aqui. Tem grandes nomes favoritos ao pódio geral. É um ano olímpico e é importante para mim já que vou tentar defender meu título em Paris, mesmo que meu país só tenha uma vaga”, disse.

O campeão olímpico Richard Carapaz deverá defender o título nos Jogos de Paris

O belga Tim Merlier chega embalado para a prova. Depois de cinco vitórias na temporada e o título de campeão por pontos no UAE Tour, Merlier não esconde o desejo por mais vitórias em chegadas.

“Esperemos que eu possa fazer bons sprints como no UAE Tour. Acredito que meus principais rivais nos sprints serão Jasper Philipsen, Caleb Ewan, Phil Bauhaus… e talvez Filippo Ganna se ele fizer os sprints igual fez na Volta a Espanha”, afirmou Merlier.

A Tirreno-Adriático reúne ainda em seu start list nomes como Filippo Ganna, Julien Alaphilippe, Mark Cavendish, Chris Froome, Romain Bardet, Caleb Ewan, Biniam Girmay, Ben Healy e muitos outros nome que prometem um espetáculo de alto nível em todas etapas.

Ganna vai em busca da terceira vitória na crono individual

O italiano Filippo Ganna revelou o desejo de vencer a crono de abertura pela terceira vez consecutiva.

“Eu sempre gosto de correr a Tirreno-Adriático. Todo ano retorno a esta corrida então eu gostaria de começar com outra vitória na crono individual. Mas não é fácil vencer a crono de abertura pelo terceiro ano consecutivo. Tem bons corredores na prova. Lutarei o melhor que puder”, declarou Ganna.

A etapa mais desafiadora será a sexta, com chegada ao Monte Petrano. Os quilômetros finais, com 10,1km de extensão e uma inclinação média de 8,1%, tem subida acentuada no primeiro trecho, com picos de até 12% e declives constantes na segunda parte, com numerosas curvas.

START LIST

Data powered by FirstCycling.com

AS ETAPAS
Etapa 1 – 4 de março – Lido di Camaiore-Viareggio-Lido di Camaiore Tudor ITT, 10km
Etapa 2 – 5 de março – Camaiore-Follonica, 198km
Etapa 3 – 6 de março – Volterra-Gualdo Tadino, 220km
Etapa 4 – 7 de março – Arrone-Giulianova, 207km
Etapa 5 – 8 de março – Torricella Sicura-Valle Castellana, 146km
Etapa 6 – 9 de março – Sassoferrato-Cagli (Monte Petrano), 180km
Etapa 7 – 10 de março – San Benedetto del Tronto-San Benedetto del Tronto, 154km

Mais informações no site oficial www.tirrenoadriatico.it