Paris-Nice: De Kleijn vence 2ª etapa; Pithie é o novo líder

HomeCompetiçõesCiclismo

Paris-Nice: De Kleijn vence 2ª etapa; Pithie é o novo líder

Neozelandês Laurence Pithie, segundo colocado na etapa, assumiu a liderança da classificação geral

Arvid de Kleijn na vitória da etapa 2 da Paris-Nice

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

Perfeitamente liderado pelo veterano Matteo Trentin, Arvid de Kleijn (Tudor) derrotou os favoritos e venceu a segunda etapa da Paris-Nice, nesta segunda-feira (4 de março), em Montargis. O holandês acelerou na reta final e venceu por pouco o neozelandês Laurence Pithie, que tirou a camisa amarela e branca do líder da corrida do holandês Olav Kooij, que não estava na disputa final. Outro holandês, Dylan Groenewegen (Team AlUla), foi o terceiro.

O francês Mathieu Burgaudeau aproveitou as duas subidas do dia para tirar a camisa de bolinhas do alemão Jonas Rutsch (EF-Easypost).

Com 154 ciclistas, a etapa começou com Jonas Rutsch (EF-Easypost) e Mathieu Burgaudeau (TotalEnergies), os dois principais nomes da classificação KOM, atacando para enfrentar a primeira subida do dia. O grupo deu sinal verde e eles lideraram por mais de três minutos após 10 km. No topo da Côte des Mesnuls, Rutsch venceu Burgaudeau e somou três pontos à sua contagem. A dupla então esperou pelo pelotão e a fuga terminou após 15 kms.

No percurso da 2ª etapa

Vendo que o pelotão andava em ritmo lento (32,4 km/h na primeira hora), Pascal Eenkhoorn (Lotto Dstny) decidiu atacar no Km 25. Mas só ficou na frente por 15 kms. Na última subida do dia, a Cote de Villeconin, a TotalEnergies usou a tática perfeita para derrubar Rutsch, enviando Burgaudeau e Pierre Latour na frente para somar seis pontos e quatro pontos respectivamente, enquanto o alemão teve que se contentar com dois. A mudança colocou Burgaudeau com 15 pontos à frente do ciclista da EF-Easypost com 13. O francês também recebeu o prêmio de mais combativo da etapa.

O sprint intermediário do dia foi vencido por Danny van Poppel (Bora-Hasngrohe) à frente de Mads Pedersen. Mattias Skjelmose (também Lidl-Trek) foi o terceiro.

O cenário estava montado para uma corrida rápida e o pelotão aumentou o ritmo a 16 km do fim. Enquanto os trens dos velocistas lutavam por posições na final, os companheiros da equipe Tudor, de Arvid de Kleijn, tomaram as rédeas e lideraram seu velocista com perfeição para a conquista do melhor resultado de sua carreira.

RESULTADOS

Results powered by FirstCycling.com

No Brasil os direitos de transmissão são dos canais ESPN e plataforma Star+

VEJA ÚLTIMO KM

 

AS ETAPAS
Etapa 1 – 3 de março – domingo – Les Mureaux – Les Mureaux – 157,7km
Etapa 2 – 4 de março – segunda-feira – Thoiry – Montargis – 177,6km
Etapa 3 – 5 de março – terça-feira – Auxerre – Auxerre – 26,9km
Etapa 4 – 6 de março – quarta-feira – Chalon-sur-Saône – Mont Brouilly – 183km
Etapa 5 – 7 de março – quinta-feira – Saint-Sauveur-de-Montagut – Sisteron – 193km
Etapa 6 – 8 de março – sexta-feira – Sisteron – La-Colle-sur-Loup – 198,2km
Etapa 7 – 9 de março – sábado – Nice – Auron – 173km
Etapa 8 – 10 de março – domingo – Nice – Nice – 109,3km

LEIA MAIS
Paris-Nice no Bikemagazine

Site oficial do evento