Como Tecnologia e Inovação no Ciclismo Impacta Apostas e Previsões?

HomeSem categoria

Como Tecnologia e Inovação no Ciclismo Impacta Apostas e Previsões?

Como a tecnologia e inteligência artificial permite melhorar as apostas em ciclismo. Entenda como os avanços levam a um esporte mais atraente e transparente nas próximas corridas

O ciclista António Delgado no clique de Dario Belingheri/Getty

Do Bikemagazine
Foto de divulgação Dario Belingheri/Getty

Como já é do conhecimento geral, grandes Voltas, como Tour de France ou Giro de Itália são dos eventos esportivos mais vistos do ano – isso incluindo competições de futebol, tênis, basquete e muitos outros. Porém, como a tecnologia está tendo impacto nessa desejada continuidade de popularidade das principais provas de ciclismo mundial? Será que a tecnologia irá mudar de forma radical o jeito de assistirmos e interagirmos com o esporte? 

Tendo por base diferentes previsões e até a popularidade de apostas nessas grandes provas de ciclismo, iremos analisar com maior detalhe como as diferentes tecnologias estão tendo impacto nessa ligação entre o esporte e apostas em ciclismo. No caso do site de apostas Vai de Bet, já é possível acompanhar todas as grandes provas de ciclismo – incluindo no Brasil – com estatísticas, gráficos e, claro, apostas ao vivo. Contudo, será que essa nova tecnologia irá tornar o esporte mais ou menos previsível? 

Inteligência artificial promete conseguir prever Vencedores com maior Exatidão

Em grande Voltas e corridas profissionais de ciclismo, é normal termos mais de 200 ciclistas diferentes competindo ao mais alto nível. Ora, mesmo que existam líderes em cada um desses times e a forma desses atletas ser fundamental para se prever quem poderá vencer, nenhuma análise deverá chegar próximo dos softwares preditivos de IA que já estão sendo desenvolvidos. Até que ponto é que essa inteligência artificial não se tornará muito superior a prever acontecimentos esportivos do que os próprios apostadores e especialistas.

Ora, para avaliarmos como essas previsões de IA podem ser realizadas, em um futuro muito próximo, iremos avançar com diferentes pontos que esses seus programas poderão bastante superiores à análise humana. Esses são alguns dos elementos de maior destaque que a IA se poderá especializar em suas previsões em ciclismo:

  • Comparativo entre diferentes provas e condições climatéricas – não é porque um ciclista ganhou o Giro de Itália, que irá significar que poderá ganhar o Tour de France ou a La Vuelta. As diferenças nas rotas, etapas de montanha e todas outras condicionantes farão a diferença em perceber quem será o ciclista mais provável de ganhar a próxima grande competição. 
  • Analisar a forma de cada atleta ao detalhe – por muito estudo que se possa realizar, antes de uma aposta em ciclismo, a verdade é que todos os tempos, análise de imagens e comparativos entre outros ciclistas exige que esteja totalmente focado. Porém, a IA preditiva poderá fazer todo esse trabalho em microssegundos, podendo até servir como um auxílio importante para quem quer prever os acontecimentos com maior detalhe.
  • Calcular probabilidades e sem questões emocionais – sem dúvida que um dos principais motivos para que o ciclismo seja tão difícil de ser previstos, é que por vezes não apresentamos total imparcialidade em nossa análise. Por exemplo, poderemos ter uma inclinação óbvia para um ciclista, ignorando todos os outros fatores já acima analisados. Contudo, a IA não tem sentimentos, nem memória seletiva. Assim, poderá ser muito mais objetiva e correta em sua leitura do que poderá acontecer.

Avanços na tecnologia no Ciclismo torna Esporte mais transparente 

Não fazendo menção à componente de detecção de doping ou de outras substâncias que podem melhorar, de forma imprevisível, o desempenho de um ciclista, a realidade é a tecnologia está tornando tudo mais claro. Por exemplo, já se sabe como um determinado ciclista reagiu a uma etapa de montanha ou como ele se apresenta ao sprint. Tudo isso é possível graças aos avanços da tecnologia, fazendo com que qualquer torcedor consiga analisar seu ciclista favorito a qualquer minuto de prova.

Não restam dúvidas que também a melhoria das transmissões de ciclismo nas diferentes grandes corridas – com grande destaque da incorporação bem-sucedida de drones – faz com que esses resultados e comportamentos dos ciclistas não “escapem” aos mais atentos, com especial destaque para os apostadores dessas mesmas provas. Somando a isso, etapas como contrarrelógio serão muito mais facilmente previstas, face aos números, dados e outras informações que estão à disponibilidade não só dos responsáveis pelos times e estrategistas, mas também agora pelos torcedores de cada equipe. Tudo para que o esporte seja o mais transparente e atrativo possível. 

Avanços na deteção de doping, para um Esporte mais limpo 

Por último, mas não menos importante, é essencial realçar como os novos programas, recursos e gadgets eficientes já permitem uma deteção mais precisa e atempada de potenciais trapaças ou ciclistas com vantagens ilegais. Como é evidente, tudo isso faz com que o esporte seja não só mais transparente, como também previsível. Com todos os ciclistas “limpos”, já não terá casos isolados de resultados imprevisíveis, porque um ciclista “desconhecido” conseguiu fazer uma grande prova, quase do nada.

De fato, uma das potenciais causas para que o ciclista ainda não seja altamente popular no mundo das apostas esportivas online, é que ele ainda conta com uma “nuvem” de dúvida perante os mais interessados nesse tipo de previsões. Na verdade, os escândalos foram muitos entre os principais ciclistas do início desse século, levando a que essa imagem ainda esteja tentando ser ultrapassada. Porém, e como aqui analisado, se espera que a maior precisão da tecnologia e do IA, o esporte se torne o mais limpo que alguma esteve, especialmente nas principais corridas. 

Popularidade de Ciclismo poderá ganhar muito com Novas Tecnologias?

Tal como em qualquer outro esporte já altamente popular, existirá sempre a necessidade de existir adaptações para que novos públicos se sintam atraídos a assistirem aos diferentes eventos. Sendo que o ciclismo conta com provas de várias horas – em novas gerações que têm um tempo de atenção mais curto – poder revolucionar as grandes corridas poderá ser uma necessidade para as próximas décadas. Ainda que os números ainda não indiquem isso mesmo.

Vale a pena realçar que a tecnologia já acabou trazendo inúmeras vantagens no próprio acompanhamento das grandes corridas de ciclismo, um pouco por todo o mundo. Alguém consegue ignorar como algumas imagens dos Alpes franceses ou até mesmo das colinas italianas não são algumas das imagens mais bonitas do ano? Tudo isso contribuiu para que o esporte seja um dos mais assistidos. Ainda que grandes histórias de superação e uma maior proximidade dos principais ciclistas mundiais com o grande público – como por exemplo maior interação nas redes sociais – poderia fazer maravilhas nos próximos anos. Exemplo disso mesmo está na popularidade dos pilotos da F1, não só com redes sociais virais, mas também como séries que dão a conhecer seus astros.