Copa do Mundo de MTB: Araxá recebe 2ª etapa; confira lista de inscritos

HomeCompetições

Copa do Mundo de MTB: Araxá recebe 2ª etapa; confira lista de inscritos

Evento em Araxá começa oficialmente nesta quinta-feira; na elite masculina do XCO são 108 ciclistas de 29 países. Entre as mulheres serão 62 atletas de 25 países

Organização estimou em 25 mil espectadores nos 4 dias do evento em Mairiporã

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

A segunda rodada da Whoop UCI MTB World Series, a Copa do Mundo de MTB, chega a Araxá (MG) neste fim de semana. E, se a abertura em Mairiporã (SP), no final de semana passado, servir de referência, os fãs terão outro espetáculo inesquecível. O circuito em Araxá é anexo ao Grande Hotel de Araxá e tem 3,76km com 163m de altimetria. Já a start loop tem 3,82km com 164m de altimetria.

Na elite masculina do XCO são 108 ciclistas de 29 países. Entre as mulheres serão 62 atletas de 25 países.

A lista dos inscritos pode ser conferida aqui.

Ao vivo
Assim como em Mairiporã, as provas de sábado e domingo terão transmissão ao vivo no Youtube do TNT Sports. Em Araxá, a primeira prova que terá transmissão ao vivo será no sábado (20 de abril), o Short Track (XCC) para as elites feminina e masculina, com largadas a partir de 12h e 12h35, respectivamente.

Já no domingo (21), as duas principais categorias do evento serão responsáveis por encerrar a etapa mineira do evento, ambas transmitidas ao vivo.  As mulheres largam às 13h15 e os homens dão início a última disputa às 15h30.

Em Araxá, o evento começa nesta quinta-feira (18 de abril), com os treinos oficiais entre 11h e 17h, na arena montada na área externa do Grande Hotel Termas de Araxá. O público já poderá assistir de perto o treinamento e reconhecimento de pista dos atletas. Na sexta-feira (19), será a vez das duas primeiras competições do evento, o XCC para as categorias sub-23 feminina e masculina, às 14h e 14h35, respectivamente. Enquanto a sub-23 masculina compete o XCO na tarde de sábado, às 15h, a sub-23 feminina terá sua prova na manhã do domingo, às 10h30. Diferentemente das elites, as duas categorias sub-23 não terão transmissão ao vivo.

Vantagem em casa
Embora Araxá esteja fazendo sua estreia na Copa do Mundo UCI, o local  celebrou duas décadas de corridas internacionais de nível UCI em abril de 2023. Ambas as pistas de XCO e XCC são cortadas diretamente em uma floresta, com seções planas e de alta velocidade com pistas rápidas alimentadas pela gravidade.

As condições também têm o seu papel a desempenhar: a terra vermelha que ajuda na rolagem em tempo seco, rapidamente transforma-se em lama escorregadia quando molhado.

No entanto, é um local completamente novo para a maioria dos pilotos da Copa do Mundo, o que significa que a vantagem de correr em casa pode vir à tona para o contingente brasileiro do campeonato.

As esperanças locais estão nos campeões nacionais Karen Olimpio (Soul) e Ulan Galinski (Caloi Henrique Avancini Racing) no cross-country feminino e masculino. Embora a dupla tenha terminado em 29º e 20º, respectivamente, em Mairiporã, a experiência em Araxá pode ser bem melhor do que a etapa paulista.

Os favoritos em Araxá
O fim de semana de abertura em Mairiporã produziu algumas das disputas mais acirradas de que há memória, então escolher favoritos para Araxá é uma tarefa ingrata.

Completo do Barreiro em Araxá – Foto de divulgação

No XCO, a campeã olímpica de 2016 Jenny Rissveds (Team 31 Ibis Cycles Continental) usou sua experiência para esperar até a última volta, baixando o martelo e se afastando de Savilia Blunk (Decathlon Ford Racing Team) e Haley Batten (Specialized Factory Racing) para abrir uma vantagem inatacável. Ficaríamos surpresos se suas adversárias permitissem que ela repetisse o contra-ataque em Araxá, mas não descartamos a possibilidade da sueca de 29 anos fazer uma dobradinha de vitórias em terras brasileiras.

Mairiporã (SP) recebeu os melhores MTB bikers do mundo na primeira rodada da Copa do Mundo

No XCO masculino, os cinco primeiros colocados em Mairiporã ficaram separados por apenas cinco segundos, enquanto a liderança mudou constantemente ao longo da prova. Christopher Blevins (Specialized Factory Racing) acabou por vencer, mas o seu companheiro de equipe Victor Koretzky e o suíço Filippo Colombo (Scott-SRAM MTB Racing Team) poderiam facilmente ter conquistado o primeiro lugar. Vale lembrar ainda do chileno Vidaurre, que deverá estar no páreo pelo pódio em Minas Gerais.

Todos os três são dignos de atenção em Araxá, mas não se pode descartar Nino Schurter (Scott-SRAM MTB Racing Team) que vai tentar se redimir depois que uma queda na segunda volta acabou com suas chances em Mairiporã.

No XCC, Evie Richards (Trek Factory Racing Pirelli) será a adversária a ser batida depois de uma exibição dominante na primeira rodada, enquanto no masculino o campeão mundial UCI Samuel Gaze (Alpecin-Deceuninck) tentará fazer seu segundo pódio na América do Sul.

As corridas começam em Araxá na sexta-feira com o XCC da Sub-23 – programação completa no site oficial mtbwc.com.br

Programação de pista da Copa do Mundo de Araxá

Quinta-feira – 18/04
11:00 – 13:00: Treinamento – Categorias Femininas XCO
13:00 – 15:00: Treinamento – Todos os atletas XCO
15:00 – 17:00: Treinamento – Categorias Masculinas XCO

Sexta-feira – 19/04
9:00 – 10:00: Treinamento – Categorias Femininas XCO
10:00 – 11:00: Treinamento – Todos os atletas XCO
11:00 – 12:00: Treinamento – Categorias masculinas XCO
12:45 – 13:45: Treinamento -Apenas categoria S23 XCC
14:00: Competição: Cross-Country Short Track – Categoria Feminina S23 XCC
14:35: Competição: Cross-Country Short Track – Categoria Masculina S23 XCC/ em seguida cerimônias
15:30 – 16:15: Treinamento – Todos os atletas XCO

Sábado – 20/04

8:30 – 10:00: Treinamento – Todos os atletas XCO
10:45 – 11:45: Treinamento – Apenas categoria Elite XCC
12:00: Competição: Cross-Country Short Track – Categoria Elite Feminina XCC
12:35: Competição: Cross-Country Short Track – Categoria Elite Masculina XCC/ em seguida cerimônias de premiação de ambas as provas
13:30 – 14:15: Treinamento – Todos os atletas XCO
15:00: Competição: Cross-Country Olympic – Categoria Masculina S23 XCO/ em seguida cerimônia de premiação
Domingo – 21/04
8:30 – 09:30: Treinamento – Todos os atletas XCO
10:30: Competição: Cross-Country Olympic – Categoria Feminina S23 XCO/ em seguida a cerimônia de premiação
13:15: Competição: Cross-Country Olympic – Categoria Elite Feminina XCO/ em seguida cerimônias de premiação
15:30: Competição: Cross-Country Olympic – Categoria Elite Masculina XCO/ em seguida cerimônia de premiação incluindo a premiação geral de equipes e a premiação da equipe do dia

LEIA MAIS
Copa do Mundo de MTB no Brasil

Giro d-italia