Copa do Mundo: Simon Andreassen conquista o XCO em Araxá

HomeCompetiçõesMountain bike

Copa do Mundo: Simon Andreassen conquista o XCO em Araxá

Dinamarquês supera Kotezky e Hatherly na chegada do cross country olímpico que encerrou a programação da Whoop UCI MTB World Series no Brasil

Andreassen vence XCO em Araxá – Foto: Michele Mondini

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

Em uma intensa disputa que só foi definida nos últimos metros, o dinamarquês Simon Andreassen (Cannondale Factory Racing) venceu neste domingo (21 de abril) a prova da elite do XCO, a última corrida da etapa da Copa do Mundo de MTB em Araxá (MG).

Andreassen, 16° colocado em Mairiporã, completou as nove voltas no circuito de 3,6km com o tempo de 1h20min e superou no sprint o francês Victor Koretzky (Specialized Racing Team) e o sul-africano Alan Hatherly, seu colega de equipe, que terminou em terceiro, ambos a 1 segundo. O suíço Filippo Colombo (Scott Sram) foi o quarto colocado, também a 1 segundo. O francês Jordan Sarrou (BMC) foi o quinto, a 10 segundos.

“Foi legal vencer uma Copa do Mundo novamente. Para ser honesto eu não estava pensando muito a respeito disso. Faz alguns anos que não vencia e vou precisar de um tempo para absorver”, declarou o dinamarquês.

A prova foi decidida no sprint e o dinamarquês levou a melhor – Foto de Michal Cerveny

Andreassen contou com o infortúnio de Koretzky, que liderava no final da última subida da última volta e precisou parar para recolocar a corrente que se soltou. O francês remontou, perseguiu o grupo líder e ainda teve forças para arrematar a segunda colocação.

“Hoje eu estava com as pernas boas e ataquei faltando algumas voltas para o fim. Eu estava bem na última volta, mas minha corrente caiu no alto da subida, antes do setor das raízes. Fiz um esforço enorme para alcançar o grupo e cheguei completamente sem forças. Estou triste, mas ao mesmo tempo estou feliz com minha forma física. Mesmo com o problema mecânico, estou aqui”, disse Koretzky.

A corrida começou com a queda de Christopher Blevins (Specialized Racing Team), que colidiu com o gradil logo nas primeiras curvas. O norte-americano voltou como último da fila e fez uma prova de recuperação, terminando em 22º.

O chileno Martin Vidaurre (Specialized Racing Team) assumiu a ponta e chegou a abrir 10 segundos de vantagem. No grupo de perseguição, Sam Gaze (Alpecin Deceuninck) começou a aumentar o ritmo. O esforço de Gaze valeu a pena ao alcançar Vidaurre, momento que o chileno aproveitou para acelerar novamente, mas sua fuga durou menos que a primeira e os perseguidores o alcançaram.

Na quinta volta, o grupo da frente tinha 11 competidores. Koretzky acelerou forte e seguiu sozinho, deixando para trás Andreassen, Hatherly, Jordan Sarrou e Filippo Colombo (Scott Sram). O francês chegou na última volta com vantagem de 16 segundos, mas precisou parar para recolocar a corrente e perdeu tempo precioso no reparo.

Pódio final da prova de cross country masculino – Foto de Michal Cerveny

Além da vitória, Andreassen registrou também a volta mais rápida no percurso, com o tempo de 8min29s, a 25,59km/h de velocidade média.

O pelotão alinhou com 105 ciclistas de 29 países, incluindo 14 brasileiros. O melhor brasileiro na disputa foi Ulan Galinski (Caloi Henrique Avancini Racing), em 46º, a 4min39s.

A próxima parada da Copa do Mundo de Mountain Bike Cross Country será em Nové Město,a República Tcheca no último final de semana do mês de maio (24 a 26), data em que se encerra o ranking olímpico para os Jogos Olímpicos de Paris.

RESULTADO

Results powered by FirstCycling.com

RESULTADOS COMPLETOS EM PDF
resultados-completos-elite-masculino-xco

LEIA MAIS
Copa do Mundo de MTB no Brasil