Giro d’Italia 2024: Narvaez vence Pogacar e é o 1º maglia rosa

HomeCompetiçõesGiro D'Itália

Giro d’Italia 2024: Narvaez vence Pogacar e é o 1º maglia rosa

Campeão nacional do Equador, ciclista da equipe Ineos conquista sua segunda vitória em etapas do Giro; veja classificação

Narvaez na vitória em Turim na etapa de abertura do Giro 2024

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

Com a camisa de campeão nacional do Equador, Jhonatan Narvaez (Ineos Grenadiers) venceu neste sábado (4 de maio) a primeira etapa do Giro d’Italia 2024 e conquistou a primeira maglia rosa ao bater, na chegada em Turim, após 140km de percurso, o alemão Maximilian Schachmann (Bora – Hansgrohe) e Tadej Pogacar (UAE Team Emirates), que ficaram em 2º e 3º.

“É uma sensação fantástica vestir a maglia rosa. Tínhamos planejado essa chegada com a equipe, mas ainda estou com dores nas pernas depois de perseguir Pogacar. Ele foi muito forte, mas no final eu consegui vencê-lo. No sprint, acho que ele começou muito tempo antes”, disse o equatoriano, que lidera a classificação geral com 3 segundos de vantagem sobre Schachmann e 6 segundos sobre Pogacar.

“Eu sabia que tinha uma oportunidade e aproveitei-a para vencer um ciclista forte como Pogacar. Todos sabemos que ele é o melhor do mundo. A equipe cuidou de mim e me mandou para casa para um campo de treinamento em alta altitude no Equador. Estou na melhor forma da minha carreira, mas não sei se posso lutar com Pogacar nas subidas mais importantes”, completou.

Equatoriano veste a primeira maglia rosa

Após vários ataques nos últimos quilômetros, Narvaez manteve seu lugar na frente, com Pogacar e Schachmann, para conquistar pela segunda vez uma vitória no Giro. A primeira foi em 2020, na etapa 12, em um dia com muito frio e chuva.

Apesar de terminar em terceiro lugar na etapa depois de fazer o ataque decisivo no final, Pogacar conseguiu ganhar tempo sobre todos os outros favoritos com uma diferença de cerca de 10 segundos para o pelotão na chegada, além de quatro segundos de bônus. Seus companheiros estabeleceram um ritmo forte ao longo da etapa, que viu nomes como Romain Bardet (DSM-Firmenich PostNL) e Thymen Arensman (Ineos Grenadiers) ficarem para trás no Colle Maddalena (6km a 7,4% de pendência média), desafio final do trajeto antes da chegada no percurso urbano de Turim.

Pogacar no ataque na etapa no Piemonte

O francês Lilian Calmejane (Intermarche-Wanty) e o eritreu Amanuel Ghebreigzabhier (Lidl-Trek) tentaram se destacar. Calmejane – que lidera na classificação de montanhas – tentou uma fuga solo solo nos 10km finais, mas acabou sendo alcançado. Pogacar acelerou na frente do pelotão na colina Bivio di San Vito, com Narvaez na perseguição. Schachmann fez uma longa aceleração até a linha, mas Narvaez e Pogacar responderam. Nos últimos 200 metros, o equatoriano foi mais rápido. O líder da equipe Ineos, Geraint Thomas, terminou em 11º no pelotão principal, a 10 segundos.

“Comecei meu sprint muito cedo. Fui bem, mas Narvaez foi mais rápido. Mas posso ficar feliz, vai melhorar a cada dia. A etapa de amanhã até Oropa é mais adequada para nossa equipe, mas primeiro precisamos nos recuperar. Hoje não foi o nosso dia”, comentou Pogacar.

A etapa começou e terminou com o pelotão completo com um total de 176 ciclistas. Na classificação de juventude, a liderança é do francês Alex Baudin (Decathlon-AG2R-La MOndiale) e Narvaez lidera também a classificação por pontos. Entre as equipes a liderança é da britânica Ineos-Grenadiers.

Results powered by FirstCycling.com

AS CAMISAS
Maglia Rosa, líder da Classificação Geral – Jhonatan Narvaez (Ineos Grenadires)
Maglia Ciclamino, líder da Classificação por Pontos – Jhonatan Narvaez (Ineos Grenadiers)
Maglia Azzurra, líder da Classificação de Montanha – Lilian Calmejane (Intermarché – Wanty)
Maglia Bianca, líder da Classificação de melhor jovem (nascidos 01/01/1999) – Alex Baudin (Decathlon AG2R La Mondiale Team)

A CHEGADA

MELHORES MOMENTOS

Próxima etapa
Neste domingo (5 de maio), o pelotão terá pela frente 161km entre San Francesco al Campo e o topo do Santuário di Oropa (Biella), nos Alpes, com a primeira chegada ao alto. Esta será a sétima vez que o local recebe uma chegada do Giro. A primeira foi em 1963 e a mais recente em 2017.

A etapa “Montagna Pantani” tem duas subidas de categoria 3 nos últimos 40 quilômetros do dia antes do Santuário, a 1.142 metros de altitude. Os últimos 11km são de subida, a primeira parte é suave até Favaro, onde estão as rampas mais inclinadas, com cerca de 13%. A subida continua com curvas e declives de cerca de 9% até a meta.

A subida ao Santuário di Oropa está ligada a Marco Pantani, sobretudo este ano, quando é celebrado o 25º aniversário de uma de suas vitórias mais celebradas. Depois de um problema mecânico, o Pirata conseguiu se recuperar até deixar todos para trás e seguir sozinho para vencer a 15ª etapa do Giro de 1999. Na chegada, não comemorou, pois disse que não sabia se tinha vencido e não queria fazer papel de bobo.

Segunda etapa vai ao topo do Santuário di Oropa

AS ETAPAS
Etapa 1 – 4 de maio – Venaria Reale – Torino – 140 km
Etapa 2 – 5 de maio – San Francesco al Campo – Santuário di Oropa (Biella) – 161 km
Etapa 3 – 6 de maio – Novara – Fossano – 166 km
Etapa 4 – 7 de maio – Acqui Terme – Andora – 190km
Etapa 5 – 8 de maio – Gênova – Lucca – 178 km
Etapa 6 – 9 de maio – Torre del Lago Puccini – Rapolano Terme – 180 km
Etapa 7 – 10 de maio – Foligno – Perugia – 40,6 km (ITT)
Etapa 8 – 11 de maio – Spoleto – Prati di Tivo – 152 km
Etapa 9 – 12 de maio – Avezzano – Nápoles – 214 km

13 de maio – dia de descanso

Etapa 10 – 14 de maio – Pompeia – Cusano Mutri – 142 km
Etapa 11 – 15 de maio – Foiano di Val Fortore – Francavilla al Mare – 207 km
Etapa 12 – 16 de maio – Martinsicuro – Fano – 193 km
Etapa 13 – 17 de maio – Riccione – Cento – 179 km
Etapa 14 – 18 de maio – Castiglione delle Stiviere – Desenzano del Garda – 31,2 km (ITT)
Etapa 15 – 19 de maio – Manerba del Garda – Livigno – 222 km

20 de maio – dia de descanso

Etapa 16 – 21 de maio – Livigno – Santa Cristina Valgardena – 202 km
Etapa 17 – 22 de maio – Selva di Val Gardena – Passo del Brocon – 159 km
Etapa 18 – 23 de maio – Fiera di Primiero – Padova – 178 km
Etapa 19 – 24 de maio – Mortegliano – Sappada – 157 km
Etapa 20 – 25 de maio – Alpago – Bassano del Grappa – 184 km
Etapa 21 – 26 de maio – Roma – Roma – 125 km

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine