Giro d’Italia: Pogacar vence etapa rainha e lidera com 6min41s

HomeCompetiçõesGiro D'Itália

Giro d’Italia: Pogacar vence etapa rainha e lidera com 6min41s

Maglia rosa vence na chegada ao alto em Livigno, etapa com 222km de percurso por altas montanhas e 5.400m de altimetria acumulada

Pogacar comemora sua quarta vitória no Giro 2024

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) venceu neste domingo (19 de maio) a 15ª etapa do Giro d’Italia, a etapa rainha, com 222km de percurso em altas montanhas, altimetria acumulada de 5.400 metros e final em subida até o Mottolino (8,1km a 6,6%, com o topo a 2.386m de altitude), em Livigno. “Hoje foi um dos melhores dias da minha carreira”, comemorou Pogacar.

“Era uma etapa que almejava desde dezembro e estou feliz que tudo correu conforme o planejado. Hoje é um dia que vou lembrar por anos, porque ganhei a etapa rainha em Livigno, que é um dos meus lugares favoritos na Itália”, completou.

O maglia rosa, que aumentou sua vantagem na liderança geral para mais de 6 minutos, buscou os escapados a 14km da chegada, ultrapassou Georg Steinhauser (EF Education Easy Post) e, depois, Nairo Quintana (Movistar), que estava na ponta, a 2km da meta.

“Foi uma fuga com muitos homens fortes, mas a equipe trabalhou bem, e depois Rafal Majka me deu a luz verde. Acho que Quintana e Steinhauser fizeram uma grande etapa, não foi fácil buscá-los”, completou Pogacar, que marcou o tempo de 6h11min43s, média de 35,833 km/h. Quintana foi o segundo, a 29 segundos, e Steinhauser o terceiro, a 2min32s.

Quintana e Steinhauser no trecho final

Quintana, que alegrou os fãs com uma forte escalada, encerrou otimista. “Foi emocionante, uma pena não ter vencido. O Pogacar é muito forte e já tinho dito que iria tentar vencer a etapa. Mas estamos indo na direção certa e é isso que importa a partir de agora. Eu me sinto melhor a cada dia, e este dia me dá confiança e motivação para o resto do Giro e o resto da temporada”, comentou. O colombiano, campeão do Giro há dez anos, em seu retorno a Movistar nesta temporada, conquistou seu primeiro pódio desde fevereiro de 2023.

Pogacar, que participa do Giro pela primeira vez, conquistou sua quarta vitória na competição, depois de faturar o contrarrelógio em Perugia e as etapas 2, 8 e, agora, a 14. Com a vitória, o maglia rosa encerra a segunda semana do Giro 2024 com vantagem de 6min41s sobre Geraint Thomas (Ineos Grenadiers) e 6min56s sobre Daniel Martínez (Bora – Hansgrohe).

Nesta segunda-feira o pelotão terá seu segundo dia de descanso.

ÚLTIMO KM

MELHORES MOMENTOS

RESULTADOS

Results powered by FirstCycling.com

AS CAMISAS
Maglia Rosa, líder da Classificação Geral – Tadej Pogacar (UAE Team Emirates)
Maglia Ciclamino, líder da Classificação por Pontos – Jonathan Milan (Lidl Trek)
Maglia Azzurra, líder da Classificação de Montanha – Tadej Pogacar (UAE Team Emirates)
Maglia Bianca, líder da Classificação de melhor jovem – Antonio Tiberi (Bahrain Victorious)

Próxima etapa
O pelotão retorna na terça-feira (21 de maio) para a 16ª etapa, que foi modificada. O trajeto original iria subir o Passo dello Stelvio, o Cima Coppi, o ponto mais alto de 2024, a 2.758m de altitude, mas teve de ser mudado por causa de recentes nevascas e o aumento das temperaturas, o que eleva o risco de avalanches.

A etapa, de Livigno a Santa Cristina Val Gardena (Monte Pana), com 206km, terá agora como novo Cima Coppi o Giogo di Santa Maria/Umbrailpass, a 2.498m de altitude. Os últimos 3 km são quase todos de subida, exceto a curta descida que vai do centro de Santa Cristina até a ponte (-2 km) onde se inicia a subida final. A inclinação média é de 12% com picos de 16% na parte inicial, com curvas fechadas estreitas.

Altimetria da nova 16ª etapa, com o Cima Coppi em Giogo di Santa Maria/Umbrailpass, a 2.498m de altitude

AS ETAPAS
Etapa 1 – 4 de maio – Venaria Reale – Torino – 140 km
Etapa 2 – 5 de maio – San Francesco al Campo – Santuário di Oropa (Biella) – 161 km
Etapa 3 – 6 de maio – Novara – Fossano – 166 km
Etapa 4 – 7 de maio – Acqui Terme – Andora – 190km
Etapa 5 – 8 de maio – Gênova – Lucca – 178 km
Etapa 6 – 9 de maio – Torre del Lago Puccini – Rapolano Terme – 180 km
Etapa 7 – 10 de maio – Foligno – Perugia – 40,6 km (ITT)
Etapa 8 – 11 de maio – Spoleto – Prati di Tivo – 152 km
Etapa 9 – 12 de maio – Avezzano – Nápoles – 214 km

13 de maio – dia de descanso

Etapa 10 – 14 de maio – Pompeia – Cusano Mutri – 142 km
Etapa 11 – 15 de maio – Foiano di Val Fortore – Francavilla al Mare – 207 km
Etapa 12 – 16 de maio – Martinsicuro – Fano – 193 km
Etapa 13 – 17 de maio – Riccione – Cento – 179 km
Etapa 14 – 18 de maio – Castiglione delle Stiviere – Desenzano del Garda – 31,2 km (ITT)
Etapa 15 – 19 de maio – Manerba del Garda – Livigno – 222 km

20 de maio – dia de descanso

Etapa 16 – 21 de maio – Livigno – Santa Cristina Valgardena – 206 km
Etapa 17 – 22 de maio – Selva di Val Gardena – Passo del Brocon – 159 km
Etapa 18 – 23 de maio – Fiera di Primiero – Padova – 178 km
Etapa 19 – 24 de maio – Mortegliano – Sappada – 157 km
Etapa 20 – 25 de maio – Alpago – Bassano del Grappa – 184 km
Etapa 21 – 26 de maio – Roma – Roma – 125 km

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine