Giro d’Italia: Ben Thomas vence 5ª etapa, 1ª vitória da Cofidis na temporada

HomeCompetiçõesDestaque

Giro d’Italia: Ben Thomas vence 5ª etapa, 1ª vitória da Cofidis na temporada

Tadej Pogacar termina em segurança no pelotão e segura a vantagem de 46 segundos com a maglia rosa; veja resultados completos

Benjamin Thomas comemora sua vitória em Lucca

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

O francês Benjamin Thomas (Cofidis) venceu nesta quarta-feira (8 de maio) a 5ª etapa do Giro d’Italia 2024 ao faturar o sprint em Lucca. Thomas estava no grupo escapado da etapa, junto com Enzo Paleni (Groupama-FDJ), Andrea Pietrobon (Polti Kometa) e Michael Valgren (EF Education-EasyPost).

Pietrobon tentou avançar sozinho no último quilômetro, mas foi alcançado e terminou em terceiro lugar, atrás de Valgren.

“Foi como uma longa, longa perseguição. Fizemos uma fuga incrível. Foi muito difícil no final, cada puxada foi a todo vapor. Faltando 10 km ainda tínhamos 40, 50 segundos e o vento estava favorável, então sabíamos que não podíamos brincar”, disse o francês. “Segui meu instinto e perguntei se alguém queria acompanhar minha fuga, Michael Valgren estava pronto, assim como Enzo Paleni. Interpretamos a escapada como se fosse uma perseguição em equipe na pista”, contou o francês, que também disputa provas de velódromo.

“No último quilômetro lembrei-me de Carcassonne, onde perdi a vitória em condições semelhantes, e pensei que talvez hoje fosse o meu dia. Talvez tenha sido o destino conquistar minha primeira grande vitória na Itália, onde moro, e estou feliz por ter alcançado o primeiro sucesso para a Cofidis. Vi meus companheiros muito felizes”, completou.

Trenitalia com as cores do Giro acompanha o pelotão

No sprint do pelotão atrás, Jonathan Milan (Lidl-Trek) passou na frente, em quinto, mesmo depois que sua equipe fez grande parte do trabalho na perseguição. Tanto a Alpecin-Deceuninck quanto a Soudal Quick-Step se recusaram a cooperar e os escapados não foram alcançados.

No Passo del Bracco, a única subida difícil e longa do dia, após 47 km, Fabio Jakobsen (Team dsm-firmenich PostNL) foi o primeiro a ter dificuldades, abandonando cedo a retaguarda para subir ao seu próprio ritmo, com dois companheiros enviados para o ajudar.

Pogacar na largada da etapa, todo de rosa, após a polêmica sobre seu uniforme

O maglia rosa Tadej Pogacar terminou em segurança no pelotão e manteve a vantagem de 46 segundos sobre Geraint Thomas (Ineos Grenadiers) e 47 segundos sobre Daniel Martinez (Bora Hansgrohe).

“Hoje foi um dia interessante. A última hora foi muito rápida, com uma chegada muito tensa”, comentou o líder, já pensando na etapa de amanhã. “Ajuda conhecer alguns setores da Strade Bianche. Mas não será parecido com o que vemos em março, vejo como uma etapa com pequenas armadilhas, para as quais você tem que estar bem preparado e nesta equipe estamos totalmente focados no objetivo, devo dizer que gosto muito de passar o mês de maio no Giro d’Italia e, se terminasse assim, ficaria muito feliz.”

MELHORES MOMENTOS

RESULTADOS

Results powered by FirstCycling.com

AS CAMISAS
Maglia Rosa, líder da Classificação Geral – Tadej Pogacar (UAE Team Emirates)
Maglia Ciclamino, líder da Classificação por Pontos – Jonathan Milan (Lidl Trek)
Maglia Azzurra, líder da Classificação de Montanha – Tadej Pogacar (UAE Team Emirates)
Maglia Bianca, líder da Classificação de melhor jovem (nascidos 01/01/1999) – Cian Uijtdebroeks (Visma Lease a Bike)

Próxima etapa
Nesta quinta-feira, 9 de maio, a 6ª etapa tem 180km entre Torre del Lago Puccini (Viareggio) e Rapolano Terme. Esta é a etapa “Strade Bianche” do Giro, com passagem por três setores de estrada de terra que totalizam quase 12 km. Os dois primeiros são partilhados com a Strade Bianche, mas o terceiro é novo.

O primeiro setor conhecido é o de Vidritta, mas, em comparação com a Strade Bianche, está 2km mais longo. Depois vem o setor Bagnaia, com desníveis de até 15% e que também dará o segundo KOM do dia. Antes de Asciano, o terceiro setor é a novidade, em Pievina. Nos últimos 5km da etapa ainda tem a subida da Serre di Rapolano.

A 6ª etapa será uma etapa ao estilo Strade Bianche

AS ETAPAS
Etapa 1 – 4 de maio – Venaria Reale – Torino – 140 km
Etapa 2 – 5 de maio – San Francesco al Campo – Santuário di Oropa (Biella) – 161 km
Etapa 3 – 6 de maio – Novara – Fossano – 166 km
Etapa 4 – 7 de maio – Acqui Terme – Andora – 190km
Etapa 5 – 8 de maio – Gênova – Lucca – 178 km
Etapa 6 – 9 de maio – Torre del Lago Puccini – Rapolano Terme – 180 km
Etapa 7 – 10 de maio – Foligno – Perugia – 40,6 km (ITT)
Etapa 8 – 11 de maio – Spoleto – Prati di Tivo – 152 km
Etapa 9 – 12 de maio – Avezzano – Nápoles – 214 km

13 de maio – dia de descanso

Etapa 10 – 14 de maio – Pompeia – Cusano Mutri – 142 km
Etapa 11 – 15 de maio – Foiano di Val Fortore – Francavilla al Mare – 207 km
Etapa 12 – 16 de maio – Martinsicuro – Fano – 193 km
Etapa 13 – 17 de maio – Riccione – Cento – 179 km
Etapa 14 – 18 de maio – Castiglione delle Stiviere – Desenzano del Garda – 31,2 km (ITT)
Etapa 15 – 19 de maio – Manerba del Garda – Livigno – 222 km

20 de maio – dia de descanso

Etapa 16 – 21 de maio – Livigno – Santa Cristina Valgardena – 202 km
Etapa 17 – 22 de maio – Selva di Val Gardena – Passo del Brocon – 159 km
Etapa 18 – 23 de maio – Fiera di Primiero – Padova – 178 km
Etapa 19 – 24 de maio – Mortegliano – Sappada – 157 km
Etapa 20 – 25 de maio – Alpago – Bassano del Grappa – 184 km
Etapa 21 – 26 de maio – Roma – Roma – 125 km

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine