Giro d’Italia: Pogacar vence 1ª chegada ao alto e é o novo maglia rosa

HomeCompetiçõesDestaque

Giro d’Italia: Pogacar vence 1ª chegada ao alto e é o novo maglia rosa

Pogacar abriu vantagem de 45 segundos sobre Geraint Thomas e Daniel Martinez, que estão em segundo e terceiro na classificação geral

Pogacar na vitória no Santuário di Oropa, a “Montanha Pantani” de 2024

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/LaPresse

Tadej Pogacar (UAE Team Emirates) conquistou vitória solo neste domingo (5 de maio) na 2ª etapa do Giro d’Italia, com 161 km e a primeira chegada ao alto da edição 2024, no Santuario di Oropa (Biella), a 1.142 metros de altitude.

Daniel Martinez (Bora – Hansgrohe) e Geraint Thomas (Ineos Grenadiers) ficaram em 2º e 3º, a 27 segundos.

“Hoje um sonho se tornou realidade, uma alegria extraordinária. Depois de vencer a Vuelta e o Tour, consegui fechar o círculo e alcançar o sucesso em todos os Grand Tours. Não é algo que muita gente faz. Agora posso relaxar por alguns dias”, comemorou o esloveno, que lidera a classificação geral com 45 segundos de vantagem sobre Thomas, em 2º lugar, e Martinez, em 3º.

Em sua primeira vez no Giro, Pogacar conquista maglia rosa no segundo dia

A 11km da chegada, pouco antes do início da subida final, Pogacar teve uma queda sem consequências depois de um problema no pneu dianteiro – e seu carro de apoio ainda quase o atinge. Os fãs de Pantani devem ter lembrado de quando o ídolo italiano, na edição de 1999, também teve um problema mecânico e fez uma corrida de recuperação que entrou para a história.

Na versão atual, Pogacar trocou rapidamente de bicicleta e contou com seus companheiros de equipe para voltar ao pelotão. No começo da subida, o esloveno acelerou, ainda olhou para trás algumas vezes, e viu que a jornada final seria solo.

“Não fiquei assustado depois da queda, a equipe me trouxe de volta rapidamente, foi um trabalho fantástico. O erro foi meu, devia ter parado antes da curva, mas não houve consequências e na subida definimos o ritmo que gosto e tudo correu perfeitamente. Foi incrível e posso dizer que foi um verdadeiro prazer pedalar sozinho nos últimos quilômetros”, completou Pogacar, que também conquistou a maglia azzurra da classificação de montanha.

Durante a etapa, o jovem italiano Andrea Piccolo (EF Education-EasyPost) foi um dos destaques, com uma fuga solo que terminou a seis quilômetros da meta.

Pogacar a caminho da vitória solo Foto: Zac Williams

AS CAMISAS
Maglia Rosa, líder da Classificação Geral – Tadej Pogacar (UAE Team Emirates)
Maglia Ciclamino, líder da Classificação por Pontos – Filippo Fiorelli (Grupo VF-Bardiani CSF-Faizanè)
Maglia Azzurra, líder da Classificação de Montanha – – Tadej Pogacar (UAE Team Emirates)
Maglia Bianca, líder da Classificação de melhor jovem (nascidos 01/01/1999) – Cian Uijtdebroeks (Visma Lease a Bike)

RESULTADOS

Results powered by FirstCycling.com

ÚLTIMO KM

MELHORES MOMENTOS

Próxima etapa
A 3ª etapa, nesta segunda-feira, 6 de maio, terá 166km de Novara a Fossano, e será a primeira oportunidade para os velocistas. Trajeto plano, com algumas pequenas subidas e descidas na parte central, com os últimos 3km praticamente retos, faltando apenas uma curva acentuada de 1.300m.

A 3ª etapa é a primeira oportunidade para os velocistas

AS ETAPAS
Etapa 1 – 4 de maio – Venaria Reale – Torino – 140 km
Etapa 2 – 5 de maio – San Francesco al Campo – Santuário di Oropa (Biella) – 161 km
Etapa 3 – 6 de maio – Novara – Fossano – 166 km
Etapa 4 – 7 de maio – Acqui Terme – Andora – 190km
Etapa 5 – 8 de maio – Gênova – Lucca – 178 km
Etapa 6 – 9 de maio – Torre del Lago Puccini – Rapolano Terme – 180 km
Etapa 7 – 10 de maio – Foligno – Perugia – 40,6 km (ITT)
Etapa 8 – 11 de maio – Spoleto – Prati di Tivo – 152 km
Etapa 9 – 12 de maio – Avezzano – Nápoles – 214 km

13 de maio – dia de descanso

Etapa 10 – 14 de maio – Pompeia – Cusano Mutri – 142 km
Etapa 11 – 15 de maio – Foiano di Val Fortore – Francavilla al Mare – 207 km
Etapa 12 – 16 de maio – Martinsicuro – Fano – 193 km
Etapa 13 – 17 de maio – Riccione – Cento – 179 km
Etapa 14 – 18 de maio – Castiglione delle Stiviere – Desenzano del Garda – 31,2 km (ITT)
Etapa 15 – 19 de maio – Manerba del Garda – Livigno – 222 km

20 de maio – dia de descanso

Etapa 16 – 21 de maio – Livigno – Santa Cristina Valgardena – 202 km
Etapa 17 – 22 de maio – Selva di Val Gardena – Passo del Brocon – 159 km
Etapa 18 – 23 de maio – Fiera di Primiero – Padova – 178 km
Etapa 19 – 24 de maio – Mortegliano – Sappada – 157 km
Etapa 20 – 25 de maio – Alpago – Bassano del Grappa – 184 km
Etapa 21 – 26 de maio – Roma – Roma – 125 km

LEIA MAIS
Giro d’Itália no Bikemagazine