Monte Verde (MG) estreia no Big Biker com 700 ciclistas

HomeCompetiçõesMountain bike

Monte Verde (MG) estreia no Big Biker com 700 ciclistas

Distrito de Camanducaia foi sede neste último fim de semana do Big Biker Cup; confira os principais resultados e o balanço feito da organização

Prova reuniu cerca de 700 atletas em Monte Verde, cidade que recebeu pela primeira vez o evento – Kelvim Borges / AMVEM

Do Bikemagazine
Foto de divulgação Kelvim Borges / AMVEM

Monte Verde (MG) recebeu pela primeira vez em sua história uma etapa do Big Biker Cup, uma das competições mais tradicionais do mountain bike brasileiro. A estreia da prova no Distrito, que faz parte de Camanducaia, no Sul de Minas, ajuda a colocar a Estância Turística em destaque no ciclismo do Brasil, mostrando a aptidão natural que Monte Verde tem para receber competições deste e de outros gêneros dos esportes de montanha.

O evento reuniu cerca de 700 ciclistas e teve início no sábado (25), com realização da retirada de kit, e a competição ocorreu no dia seguinte, domingo (26).

Nas duas principais categorias, as elites Pró, as vitórias foram de Luiz Miguel Honório e Nívea Maria de Andrade, que completaram suas provas em 2h14min18 e 3h09min34, respectivamente. O Top 3 do masculino teve ainda Erik Pereira e (2h27min30) e Ritchele Silva (2h33min08), enquanto completaram o Top 3 do feminino as ciclistas Luiza Euzébio (3h14min41) e Viviane Teiko Hara (3h24h44).

“A chuva e o frio deixaram a prova ainda mais dura. Mesmo assim, gostei bastante de competir aqui em Monte Verde. Foi a primeira vez e o pessoal local está de parabéns. Trilhas fantásticas, apimentadas pela chuva. Espero voltar em breve”, comemorou Luiz Miguel, campeão da Elite Pro.

“Finalizando o Big Biker com uma chuva que acabou pegando a gente de surpresa. Era previsto chover, mas não sabíamos que seria assim. O percurso inteiro chovendo. A organização fez uma alteração necessária, cortando alguns trechos, mas mesmo assim os estradões de terra estavam cheios de lama e deslizando bastante. Prova desafiadora para todos, que foi bem legal de competir. E, não podemos esquecer a melhor surpresa, que foram os 4 km de subida nos quilômetros finais até cruzar a linha de chegada. É disso que a gente gosta, de se divertir e sofrer. Convido todos a participarem aqui nas próximas edições”, avaliou Luiza Eusébio.
RESULTADOS COMPLETOS:
Balanço pós-prova
A etapa deste último fim de semana do Big Biker Cup contou com apoio e cooperação da AMVEM – Associação Monte Verde de Esportes de Montanha. Os membros da entidade ajudaram a promover o evento, tanto dentro quanto fora das pistas da região, sendo os responsáveis por sugerir ao organizador do Big Biker Cup, Gonga, a ideia de levar a prova de forma inédita para a Estância Turística.
E, logo na primeira vez que Monte Verde recebeu uma etapa do Big Biker Cup, a competição lotou a Estância. Desde sexta (24) e sábado (25) já era possível perceber a cidade no clima do mountain bike, com vários carros passando pelas ruas com suporte de bike nos seus capôs. Ciclistas utilizando as roupas de ciclismo pela cidade, familiares que saíram durante o dia anterior da prova para passear e conhecer melhor o destino turístico mais procurado da região.
“Embora tenha chovido bastante no domingo, a prova foi muito bacana. Optou-se por reduzir o circuito da categoria Pro, porque teriam alguns trechos de trilha mais difíceis de serem percorridos na Fazenda Esperança. A organização pensou na segurança dos atletas, que é sempre o ponto mais importante, ao fazer essa alteração. Todos que largaram, nas três categorias, ficaram muito satisfeitos com o que puderam desfrutar pelas estradas de terra do município”, comentou Guto Affonso, presidente da AMVEM.
“Fato é que a prova passou por lugares muito bonitos. Monte Verde tem desafio para todos, seja atleta iniciante, intermediário ou avançado. Sem contar com a estrutura que a Estância tem para receber famílias e amigos nas pousadas, hotéis e restaurantes. A estreia do Big Biker Cup deixou claro que Monte Verde tem estrutura para receber ainda mais atletas e competições esportivas, como trail run, ciclismo de estrada, entre outros. Primeiro evento de grande porte que recebemos aqui, mas que nos mostra que é possível ir por muito mais”, concluiu Guto.