Ulan Galinski compete em Nove Mesto de olho em Paris

HomeCompetiçõesCopa do Mundo de MTB

Ulan Galinski compete em Nove Mesto de olho em Paris

Brasileiro está confirmado nas provas de short track (XCC) e cross country olímpico (XCO) da etapa da República Tcheca

Galinski lidera o ranking para Paris-2024 – Foto de divulgação Caloi-Henrique Avancini Racing

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação

Líder do ranking nacional para representar o Brasil nos Jogos Olímpicos de Paris, o baiano Ulan Galinski (Caloi-Henrique Avancini Racing) tem nesse final de semana uma decisão, ou melhor, duas. Ele está confirmado nas provas de Short Track (XCC) e Cross Country Olímpico (XCO) da etapa de Nové Mesto da Copa do Mundo de Mountain Bike. A competição, disputada na República Tcheca, ocorrerá entre os dias 24 e 26 de maio, data em que se encerra o ranking olímpico para Paris-2024.

Galinski sonha em representar pela primeira vez o Brasil em uma Olimpíada. No último final de semana, o ciclista correu na Áustria e ficou na sétima colocação na prova XCO HC. Foi a primeira vez que o atleta conseguiu um TOP 10 disputando uma competição na Europa.

“Reta final do ciclo olímpico. Cheguei na Europa na última quarta-feira, antecipamos a viagem como forma de adaptação ao fuso horário e a mudança climática, e aí decidimos que eu participaria de uma prova HC aqui na Áustria. Além de ser uma corrida que tinha bastante pontos em jogo, fato que é importante nessa reta final do ciclo olímpico, foi uma prova com um start list bem forte, então foi um bom teste. O principal é que essa era uma prova com características de percurso muito similar ao que vai ser o percurso da Copa do Mundo em Nové Mesto”, explicou Ulan, que falou sobre sua expectativa para a competição na República Tcheca.

“A etapa da República Tcheca é onde vai se encerrar o ciclo olímpico, é sem dúvidas meu último grande objetivo desse primeiro semestre. Trabalhamos de forma muito convicta e muito unida para a concretização desse sonho, que é conquistar a vaga olímpica. Então, sem dúvidas quero chegar lá bem, conseguir um bom resultado e concretizar esse sonho que é meu desde criança e que se tornou de todo nosso time”.

Vale lembrar que a vaga olímpica pertence à Nação e não ao atleta e a Confederação Brasileira de Ciclismo é soberana na decisão e segue – além do ranking – uma série de critérios objetivos, fundamentados em resultados esportivos, rankings e também critérios subjetivos como fator idade, renovação da base, surgimento de novos atletas com alto índice técnico, atletas que tenham apresentado resultados crescentes significativos ao longo da última temporada, além da questão ética e doping.

Nessa temporada, Ulan participou das duas primeiras etapas da Copa do Mundo, em Mairiporã (SP) e Araxá (MG), ambas disputadas no Brasil. A abertura da World Cup foi em Mairiporã, São Paulo, e Galinski conseguiu pela primeira vez ser Top 20 em uma prova do Cross Country Olímpico (XCO) de Copa do Mundo. Na prova de Short Track ele terminou na 27ª posição. Em Araxá, Ulan repetiu a 27ª colocação no Short Track, enquanto que na prova de XCO ele foi 46º colocado.