Criterium du Dauphine tem Evenepoel e Roglic; confira start list

HomeCompetiçõesCiclismo

Criterium du Dauphine tem Evenepoel e Roglic; confira start list

Prova de 8 etapas começa neste domingo e terá ainda Hindley, Vlasov, Skjelmose, Kuss, Ayuso; direitos de transmissão no Brasil são da ESPN e Star+

Prova vai reunir Roglic, Evenepoel, Hindley, Vlasov, Skjelmose, Kuss, Ayuso e Geoghegan Hart

Do Bikemagazine
Foto de divulgação ASO/Billy Ceusters

A 76ª edição da Criterium du Dauphine começa neste domingo (2 de junho) na França. A etapa de abertura terá um total 174,8km com largada e chegada da cidade de St-Pourçain-sur-Sioule. A prova de oito etapas reúne até o próximo domingo (9 de junho) destaques como Primoz Roglic, Remco Evenepoel, Jai Hindley, Aleksandr Vlasov, Mattias Skjelmose, Sepp Kuss, Juan Ayuso e Tao Geoghegan Hart e é considerada um aquecimento de luxo para o Tour de France.

Os direitos de transmissão de TV no Brasil são da ESPN e da plataforma Star+.

Confira a start list aqui

A Criterium du Dauphine será a primeira prova a reunir Roglic e Evenepoel depois da grave queda sofrida na 4ª etapa da Volta ao País Basco, em abril.

O campeão do ano passado, o dinamarquês Jonas Vingegaard (Visma-Lease a Bike), também se envolveu na queda no País Basco e, ainda em recuperação, não vai participar da prova. Em seu lugar a Visma-Lease a Bike – campeã das duas últimas edições da Criterium du Dauphine – terá o norte-americano Sepp Kuss no comando da equipe na busca pelo pódio na classificação geral. Além de Kuss, a equipe holandesa conta também com o determinado Matteo Jorgenson, que venceu a Paris-Nice e não esconde a gana por um bom resultado.

“Vamos para esta corrida com ambições de classificação geral, tanto para mim quanto para o Kuss. Começamos com uma equipe de sete fortes corredores. O nível da prova vai ser alto”, disse Jorgenson.

Remco Evenepoel (Soudal-QuickStep), que fraturou a clavícula e a escápula no acidente na Espanha, demonstrou pretensões modestas. “Eu acredito que devo ser paciente e encarar cada etapa conforme ela vem. Se eu tiver bons resultados, ótimo, se não, pior. Eu só espero progredir e atingir um nível melhor a cada dia. Se eu conseguir obter um bom resultado, como uma vitória de etapa, será ótimo, mas eu não vou atrás disso como eu fiz na Paris-Nice”, disse o campeão belga, que terminou em segundo lugar na Corrida para o Sol em 2023, vencendo a etapa final.

A lista de candidatos ao pódio geral inclui também os fortes espanhóis Juan Ayuso (UAE Team Emirates), Carlos Rodriguez (Ineos Grenadiers) e Santiago Buitrago (Bahrain Victorious). Outro ciclista a ser observado na corrida será francês Warren Barguil (DSM-Firmenich PostNL).

ETAPAS
Etapa 1: St-Pourçain-sur-Sioule – St-Pourçain-sur-Sioule, 174,8km
Etapa 2: Gannat – Col de la Loge, 142km
Etapa 3: Celles-sur-Durolle – Les Estables, 181,2km
Etapa 4: St-Germain-Laval – Neulise, 34,4km (clm-ind.)
Etapa 5: Amplepuis – Saint-Priest, 200,2km
Etapa 6: Hauterives – Le Collet d’Allevard, 173,2km
Etapa 7: Albertville – Samoëns 1600, 145,5km
Etapa 8: Thônes – Plateau des Glières, 152,5km

Mais informações no site oficial www.criterium-du-dauphine.fr