Copa do Mundo: Schurter conquista 36ª vitória no XCO; Pauline vence com 50s

HomeCompetiçõesMountain bike

Copa do Mundo: Schurter conquista 36ª vitória no XCO; Pauline vence com 50s

Etapa de Val di Sole, na Itália, reforça o otimismo do suíço e da francesa, ambos confirmados em suas seleções para o MTB olímpico em Paris

Nino Schurter em sua 36ª vitória em etapas da Copa do Mundo, novo recorde

Do Bikemagazine
Fotos de divulgação/Michal Cerveny/UCI

Nino Schurter (Scott-Sram) conquistou neste domingo (16 de junho) a etapa de cross country olímpico (XCO) na Copa do Mundo de MTB em Val di Sole, na Itália. O suíço de 38 anos, dez vezes campeão mundial, campeão olímpico na Rio-2016 e recordista de vitórias em etapas da competição, faturou sua oitava vitória em Val di Sole e sua 36ª na competição, elevando seu recorde alcançado em 2023.

O sul-africano Alan Hatherly (Cannondale Factory Racing) ficou em segundo lugar, a 7 segundos, e o francês Mathis Azzaro (Decathlon Ford Racing Team), foi o terceiro, a 46 segundos, depois de vencer o italiano Luca Braidot (Santa Cruz-RockShox Pro Team) e o suíço Filippo Colombo (SCOTT-SRAM MTB Racing Team) no sprint.

Sam Gaze (Alpecin-Deceuninck), vencedor da etapa de short track, fez uma boa largada rápida no centro, mas foi Schurter quem assumiu a ponta, com Jordan Sarrou (Team BMC) e Alan Hatherly.

Martín Vidaurre (Specialized Factory Racing) também fez uma boa largada, enquanto Gaze caiu para 12º. Na primeira volta propriamente dita os quatro estavam na ponta: Schurter, Sarou, Hatherly e Vidaurre escaparam enquanto o grupo de perseguição, com Gaze, já estava a dez segundos.

No início da segunda volta, Filippo Colombo (Scott-Sram MTB Racing Team) rodou forte e a diferença sobre o quarteto da frente caiu. Após duas voltas, o grupo da ponta já era duas vezes maior, com Colombo, Mathis Azzaro (Decathlon Ford Racing Team), Jens Schuermans (Giant Factory Off-Road Team-XC) e Luca Braidot (Santa Cruz Rockshox Pro Team) alcançando os quatro. Na quarta volta, Braidot começou a lutar pela ponta.

Schurter na disputa em Val di Sole

Schurter atacou na zona de abastecimento e conseguiu uma pequena vantagem. Faltavam duas voltas e Schurter estava a caminho, mas não fora da vista de Hatherly. Mas, na subida, ampliou a vantagem para 17 segundos enquanto o grupo principal foi reduzido a seis.

No toque do sino da volta final, Schurter assumiu a última subida na liderança, apesar de perder alguns segundos e seguiu forte. “Estou muito feliz com esta vitória”, comemorou Schurter. “É um percurso muito legal, tático, mas também físico. É bom ainda poder vencer aos 38 anos, é ótimo ainda estar no topo. É uma pista onde andar em grupo não ajuda muito, então meu plano era dificultar desde o início”, contou.

Do Brasil, Ulan Galinski (Caloi Henrique Avancini Racing) foi o 33º, a 4min28s, e Gustavo Xavier (Specialized Brasil) terminou em 68º, a 8min09s.

Pódio do MTB XCO em Val di Sole

Na classificação geral, Victor Koretzky (Specialized Factory Racing), que terminou a etapa em 24º, manteve a liderança, com 34 pontos de vantagem sobre Schurter. Em terceiro, Alan Hatherly está 80 pontos atrás.

Na categoria Sub-23, o norte-americano Riley Amos (Trek Factory Racing-Pirelli) mais uma vez confirmou o favoritismo. Amos é o líder da Copa do Mundo com 187 pontos à frente do compatriota Bjorn Riley (Trek Factory Racing), segundo na etapa. Do Brasil, Alex Malacarne (Trinity Racing) foi o 20º, a 3min48s.

RESULTADOS

Results powered by FirstCycling.com

A campeã mundial Pauline Ferrand-Prevot venceu com 50 segundos de vantagem

Na disputa das mulheres, Pauline Ferrand-Prévot (Ineos Grenadiers) conquistou vitória solo com 50 segundos de vantagem. A campeã mundial atacou na segunda volta e seguiu na frente até a meta, da mesma maneira que fez na etapa anterior, há duas semanas, em Nové Město na Moravě, na República Tcheca. Puck Pieterse (Alpecin Deceunick) terminou em segundo lugar e Candice Lill foi a terceira.

Por mais simples que a vitória pareceu, “não foi fácil”, disse Pauline Ferrand-Prevot. “Hoje estava um pouco cansada, mas consegui assumir a liderança e ficar na frente e por isso estou muito feliz . Tratava-se apenas de focar no meu próprio ritmo e ir o mais rápido possível”, completou.

Na classificação geral, Haley Batten (Specialized Factory Racing) terminou em 8º lugar e manteve a liderança.

Na Sub 23, a vitória foi da canadense Isabella Holmgren, com 1min26s de vantagem. Olivia Onesti (Trinx Factory Team) e Elina Benoit terminaram em segundo e terceiro. Do Brasil, Sabrina Oliveira (Caloi Henrique Avancini Racing) terminou em 49º (- 1 volta) e Giuliana Morgen (Trek Future Racing) não terminou.

RESULTADOS

Results powered by FirstCycling.com

 

LEIA MAIS
Copa do Mundo de MTB no Bikemagazine