Peter Sagan anuncia aposentadoria do ciclismo

HomeCompetiçõesCiclismo

Peter Sagan anuncia aposentadoria do ciclismo

Ciclista de 34 anos que tem no palmarés três títulos mundiais e 14 vitórias de etapa no Tour de France, anunciou que parou de correr ciclismo de estrada depois do Tour de Eslováquia

Do Bikemagazine
Foto de divulgação Sona Nikova/Tour of Slovakia

Peter Sagan anunciou (de novo) que parou com o ciclismo de estrada. Depois de defender a equipe Total Energies na temporada passada e anunciar a aposentadoria depois de correr a prova francesa Tour de Vendée, Sagan anunciou no domingo (30 de junho) após a última etapa do Tour da Eslováquia que desta vez a aposentadoria – pelo menos no ciclismo de estrada – é para valer.

O ciclista de 34 anos que tem no palmarés três títulos mundiais e 14 vitórias de etapa no Tour de France, publicou nas redes sociais a decisão de parar. Sagan disputou o Tour da Eslováquia pela  defender a equipe continental eslovaca Pierre Baguette Cycling, onde atua seu irmão Juraj Sagan como diretor esportivo.

“Eu ainda me lembro da primeira etapa no Tour Down Under no dia 19 de janeiro de 2010. Eu era apenas um jovem, com menos de 20 anos, e nunca imaginaria naquele tempo que eu teria uma longa e frutífera carreira neste esporte. Foi uma longa estrada, com altos e baixos. Terminar minha carreira de ciclismo de estrada no Tour da Eslováquia, cercado de apoio e amor dos meus amigos eslovacos é uma memória que vou curtir para sempre”, escreveu Sagan em um post do Instagram.

Em fevereiro deste ano Sagan teve problemas cardíacos e precisou de um procedimento cirurgico no coração (veja reportagem). No mês de maio, Sagan voltou à estrada e disputou o Tour da Hungria, mas a participação nos Jogos de Paris não se confirmou.

LEIA A NOTA OFICIAL
Depois de tantos anos na estrada, é difícil acreditar que minha jornada no ciclismo profissional chegou ao fim. Hoje, cruzar a linha de chegada do @okoloslovenska foi um momento cheio de emoções mistas – tristeza, nostalgia, mas também orgulho e alegria. É um sentimento agridoce dizer adeus a este capítulo da minha carreira profissional, mas não poderia ter pedido um lugar mais perfeito para fazê-lo do que aqui, no meu país natal e na minha corrida de casa.

Ainda me lembro da minha primeira etapa no Tour Down Under em 19 de janeiro de 2010. Eu era apenas um garoto, nem 20 anos ainda, e nunca teria imaginado naquela época que teria uma carreira tão longa e frutífera nesse esporte. Foi um longo caminho, com seus altos e baixos, e terminar minha carreira de ciclista profissional no Tour da Eslováquia, cercado pelo apoio e amor dos meus compatriotas eslovacos, é uma lembrança que guardarei para sempre.

Obrigado a todos que fizeram parte dessa jornada incrível. Seu apoio foi minha força motriz, e sou muito grato por cada torcida, cada incentivo e cada momento compartilhado. Eu não teria chegado a este ponto sem vocês.